Revisitar | Descobrir Guerra Junqueiro


Fiel/Na Feira da Ladra (História de um Piano) 2

Imagens da noite de 1 de Outubro, no Auditório da Fundação A LORD. Por aqui passam, além de alguns dos que connosco estiveram, Francisco Leal, Daniel Serrão, Henrique Manuel S. Pereira, Orfeão da Fundação A LORD, Joana Moreira e Joana Cristela.

Câmara e edição de Bruno Lopes.



Fiel/ Na Feira da Ladra (História de um piano)

Dois em Um. Dois textos de Guerra Junqueiro quando jovem (1877-78).

O Fiel, poema narrativo em 151 versos, aqui ilustrado por Francisco Silva, é a história duma fidelidade canina.

Fidelidade, virtude complexa e difícil, leva dentro palavras, gestos e gratidão. Exige um passado com história(s), uma memória capaz de o conservar e uma vontade que o plante no futuro. Sendo verdadeira é, como o amor, prisão que liberta. Talvez por isso os casais felizes “são tão comoventes quando envelhecem, mais até do que os apaixonados principiantes que, muitas vezes, mais não fazem do que sonhar o seu amor”. Virtude conjugal por excelência, a fidelidade não é, portanto, exclusiva dessa relação.

 título: Fiel

autor: Guerra Junqueiro

 organização, estudo e notas:

Henrique Manuel S. Pereira

 nota de abertura: Francisco Leal

revisão do texto: Ana Maria Martins

 ilustrações: Francisco Silva

design gráfico: João Oliveira

edição: Fundação A LORD/ Escola das Artes (UCP. Porto)

tiragem: 1000 exemplares

data: Outubro 2011

isbn: 978-972-8845-15-5

depósito legal: 333362/11



Na Feira da Ladra (História de um piano)/ Fiel

Dois em Um. Dois textos de Guerra Junqueiro quando jovem (1877-78).

Escrito pelos 25 anos de idade e publicado pela primeira vez com carácter de Brinde aos Senhores Assignantes do Diario de Noticias em 1877, Junqueiro nunca recolheu este texto em publicações futuras, como fez com outros trabalhos, designadamente com o Fiel com quem aqui mora paredes-meias.

Irmanados pela mesma paternidade, escritos no mesmo período, dados a público por igual via e ambos com protagonistas que não humanos, talvez uma característica lhes tenha separado os destinos: Fiel nasceu sob o signo da poesia e a História de um Piano da prosa. Uma outra narrativa, com fotografias de Bruno Nacarato, percorre todo o livro.

título: Na Feira da Ladra (História de um Piano)

autor: Guerra Junqueiro

 organização, introdução e notas:

Henrique Manuel S. Pereira

 nota de abertura: Francisco Leal

revisão do texto: Ana Maria Martins

 fotografias: Bruno Nacarato

fotografia “meninas”: Henrique Manuel S. Pereira

design gráfico: João Oliveira

 edição: Fundação A LORD/ Escola das Artes (UCP. Porto)

tiragem: 1000 exemplares

data: Outubro 2011

isbn: 978-972-8845-15-5

depósito legal: 333362/11



Nome de Guerra a Viagem de Junqueiro (Alord 1)

Desculpem-nos o silêncio, mas na verdade temos estado a trabalhar e, em breve, teremos mais novidades.
Entretanto, e dando início a uma nova etapa do “Revisitar/Descobrir Guerra Junqueiro”:

A Fundação A LORD, Lordelo (Paredes), associa-se à Escola das Artes da Universidade Católica do Porto para, no âmbito do projecto “Revisitar/Descobrir Guerra Junqueiro” e no quadro das comemorações do Centenário da República, prestar homenagem ao poeta de Os Simples e da Pátria.

Para o efeito, organiza, no próximo dia 01 de Outubro, pelas 21h30, uma homenagem ao poeta Guerra Junqueiro. Isto porque, como afirma Francisco Leal, Presidente da Fundação A LORD, “Guerra Junqueiro não é de Freixo de Espada à Cinta, onde nasceu, não é do Porto, que o adoptou, não é de Lisboa, onde repousa no Panteão Nacional, não é do Brasil que o idolatrou, não é de Espanha ou de qualquer outro espaço. Junqueiro é património da nossa cultura”.

A cerimónia decorrerá no auditório da Sede da Fundação A LORD e do programa fazem parte uma exposição, subordinada ao tema Nome de Guerra, a Viagem de Junqueiro, uma conferência homónima, proferida por Henrique Manuel S. Pereira, docente da Escola das Artes da Universidade Católica do Porto e coordenador do projecto “Revisitar/Descobrir Guerra Junqueiro”. A cerimónia conta ainda com apontamentos musicais (poesia de Guerra Junqueiro musicada), interpretados pelo Orfeão da Fundação A LORD e terá um dos momentos altos com o lançamento do livro duplo Fiel/Na Feira da Ladra (História de um Piano), cuja apresentação estará a cargo de Daniel Serrão, Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Desta forma, bem como no apoio dado ao documentário Nome de Guerra, a Viagem de Junqueiro, produzido pela Escola das Artes da Universidade Católica do Porto, a estrear proximamente, a Fundação A LORD prossegue o seu esforço de “democratização da cultura”.

Da exposição fazem parte: manuscritos, livros (primeiras edições), selos (dois alusivos ao centenário de Junqueiro), medalhas, bustos e quadros.