Revisitar | Descobrir Guerra Junqueiro


Ecos #3

As luzes desceram, a sala ficou escura e o espectáculo começou. O nervoso miudinho que de mim se apoderara não é de todo estranho a quem anda nestas lides mas a música, a poesia e a dança lá foram desfilando, umas a seguir às próximas, alheias a tal intruso.

As luzes subiram, a sala clareou e os aplausos soaram. O nervoso, de súbito, transformara-se em qualquer outra coisa: um misto de euforia, orgulho, alegria e sentimento de dever cumprido.

O espectáculo resultou como tínhamos planeado, mas mais importante que isso o que tínhamos planeado demonstrou ter resultado.  Um dos espectadores disse-me que, pela primeira vez, tinha tido a sensação de não estar no sito onde estava; que auditório que tão bem conhecia se tinha transformado num palco ” a sério”. Pois tinha sido esse mesmo o nosso objectivo: fazer do lançamento de um livro um espectáculo a sério.

Espero que a audiência tenha desfrutado do momento e que possa relembrar o que foi esta noite ao ler o livro e ouvir os discos que então foram publicados.

João Cordeiro

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: